O que acham do nível superior?

Seguindo a série sobre meu dilema pessoal, eis minha resposta em uma lista de discussão sobre uma thread aleatória sobre isso no início desse ano.

Escreveram isso: "Ou seja, podemos ver que o termo analista é usado apenas para separar o
profissional de nível superior do cara de nível técnico (2° grau)"

Respondi isso:

Considero que não tem diferença alguma entre uma pessoa apenas com 2º grau e uma que cursou uma faculdade, se a pessoa que tiver apenas 2º grau estudou o mesmo conteúdo que é ensinado na faculdade. Conheço várias pessoas que se enquadram nesse contexto mas por pressão mercadológica que espera que eles tenham um diploma estampado na sala as fizeram ir cursar uma faculdade.

Conheco mestres que o diploma vale tanto que um papel higiênico usado!

Antes de tudo eu sou programador
http://www.milfont.org/blog/archives/114

A maioria daqueles que querem ser  analistas e gerentes de projeto que conheci não estavam atras simplesmente de dinheiro, mas porque não são programadores. http://www.milfont.org/blog/archives/121

Diploma não garante conhecimento, tem muitos que possuem diploma e não conseguem distinguir o básico.
http://www.milfont.org/blog/archives/111

Como vivemos em um país que usa a carta del lavoro  de Mussoline, temos que nos sujeitar à informalidade http://www.milfont.org/blog/archives/105

Essas pessoas adoram uma guilda e gostam mesmo é de viver do suor dos outros
http://www.milfont.org/blog/archives/101

Para mim o que vale antes de tudo é  a experiência do sujeito
http://www.milfont.org/blog/archives/97

Existem ainda aqueles que falam e fazem bastante ruído, se jactam de certificados e diplomas e na hora do vamos ver O.o
http://www.milfont.org/blog/archives/124

Para aliviar o stress do cotidiano temos que mandar essa gente toda se fu@#$
http://www.milfont.org/blog/archives/104

2 thoughts on “O que acham do nível superior?”

  1. Eu sei bem o que é sofrer esse dilema na pele, pois eu tenho somente o curso técnico de desenvolvimento de software do CEFET e parece que isso não vale de nada pras empresas.

Comments are closed.