Rapidinha política 2

Sobre essa confusão toda envolvendo o artigo do Ali Kamel, só tenho algo a dizer: “deixem os livros didáticos em paz, deixem o marxismo lá”.
Explico-me, para que mexer em defunto? Marxismo morreu, você não encontra nada sério (ou pretensamente sério) envolvendo marxismo, sendo discutido onde os assunto relevantes importam. Quer algo temeroso que nunca mais será lido? Ponha como matéria obrigatória no ensino público.