Leibnitz! o Genio!

É desonroso para os homens sábios desperdiçarem seu tempo como escravos no trabalho de cálculo, que poderia ser relegado, com segurança, a qualquer um que usasse uma máquina.
(Leibnitz, 1646-1716)
Isso reflete meu humor hoje, com uma grade dessas nos ultimos semestres da faculdade:

  1. Métodos Numéricos;
  2. Matemática II;
  3. Matemática Discreta.

Se o gênio da matemática disse isso, com certeza vou mostrar pra professora de Calculo II para ela manerar, eita preguiça de resolver o “dever de casa” “valendo ponto” que ela passou.

Alguém aí poderia abrir o Leithold na página 294, exercício 5.1, itens 1 a 17 e resolver para mim por favor?

Essa mulher acha que eu não tenho o que fazer! O.o !

obs. Manda logo pro nêgo ganhar os pontos :p

3 thoughts on “Leibnitz! o Genio!”

  1. Rapaz, ele fala isso pq já sabe os cálculos. 😉
    Acho q faz a afirmação em cima do cálculo em si. Porém o conhecimento necessário para a realização do cálculo aposto que ele ñ desencoraja. Então aproveita para aprender os conceitos das cadeiras, que por sinal são bastante interessantes.

  2. quero mais isso não rapá! tenho mais o que fazer, ja estudei isso em calculo I, alias porque diabos matematica 2 ficou com parte da materia de matematica 1 quando mudou a grade? integral não era de matematica 1? que coisa extranha… quero é xarlar, meu guru “ispiritual” é Ferris do “Curtindo a vida adoidado” mil vezes transmitido na sessão da tarde 🙂
    “não deixarei minha vida escorrer pelas mãos” estudando antidiferenciação” 🙂

Comments are closed.