Tasso é nosso Rockfeller!

John D. Rockfeller foi conhecido como "o patrão sanguinário", empresário que controlou o petróleo americano em meados do fim do século 19, fez de tudo para aumentar o poder do estado sobre o país.

USA viveu sob o liberalismo no período que compreende sua independência em 1776 até o famoso Crash de 1929. Eram exemplos de revolução a todos as nações oprimimidas, baluartes da liberdade e admirados até por Karl Marx que escreveu:

“Nos Estados Unidos, testemunhamos a conquista do México e nos alegramos com isso. É para o interesse de seu próprio desenvolvimento que o México seja colocado sob a tutela dos Estados Unidos”.

Mas empresários como J.P. Morgan e Rockfeller entre outros tentaram de toda forma destruir o liberalismo americano. 

Alguns estudiosos creditam a crise de 29 a intervenção do Banco Central americano na economia causando um desastre, que abriu espaço para os intervencionistas controlarem a nação outrora símbolo da liberdade.

O que pessoas como Rockfeller querem? eles são astutos negociadores e sabem que o monopólio só é causado  com a conivência do estado, ele dizia o seguinte:

"A concorrência é um pecado."

Quem não gosta de concorrência? Apenas o empresário, a concorrência é o melhor estado para o consumidor, porque se fulano X vende a gasolina a 1 real, o Y terá que vender por menos ou no máximo o mesmo preço, se eles formarem um cartel surge um W que vende mais barato e quebra a brincadeira.

Cartéis, Monopólios, Oligopólios, todos são criados e mantidos por conveniência do estado.

Tasso é nosso Rockfeller 

Tasso Jereissati é nosso Rockfeller, surgiu com a promessa de acabar com o Coronelismo, mas espere aí, o coronelismo acabou em 1930 com o golpe de Vargas, que temos aí é um tenentismo pitoresco miscigenado com a ignorância. Mesmo assim ele não teve pudor de se aliar com os rotulados "cononéis" quando lhe foi conveniente.

Tasso mostrou em várias regiões desse estado que sua ideologia é poder e seu projeto de governo é aumentar seus negócios. Eleição passada para deputado ele apoiou o candidato da oposição de seu prórpio partido no Iguatu, em mombaça ele apoiava o PP indiretamente contra o PSDb, nessa eleição ele apoia a oposição ao governo do estado contra o… PSDB. O pior disso tudo é que ele é o presidente nacional do partido, se ele que é a figura máxima do partido faz isso, o que podemos esperar dessa legenda?

 Existem um livro chamado: BNB – “Furacão” nunca mais (radiografia de uma “fraude”). 

Esse livro é excelente para conhecermos a administração sr. do Byron Queiroz no BNB. Eu não preciso de livros, vivi essas condições na pele, meu pai trabalhou por 17 anos no banco e ainda tenho dois tios que ainda servem ao BNB.

Byron foi indicação do Tasso, amigo pessoal dele e secretário de planejamente de um de seus governos. Byron é acusado de maracutaias desde ao empréstimo fraudulento da Encol ao empréstimo nunca explicado a uma das empresas do Tasso, a Refrescos Cearenses, de R$24 milhões de reais com dinheiro do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste(FNE). Cerca de 3 vezes o valor máximo fixado por próprios técnicos do BNB. Detalhe, saiu algemado do banco certa vez.

Os defensores de Tasso alegam que o Ceará tem um porto moderno, um aeroporto moderno e se tornou competitivo, nada mais natural, até Botswana faz isso, é obrigação dele como governante proporcionar melhorias ao estado. Agora de que adianta uma estrutura melhorada se a iniciativa privada não pode usufruir dessas melhorias? Quem se beneficiou do governo Tasso? que empresários foram beneficiados?

Voce que é Cearense responda essas perguntas.

Eu nunca votei no PSDB, nunca votei no Lúcio Alcântaca, ele não é nenhum santo e não acho uma opção boa, mas numa turma que tem Ciro Gomes (único ex-direitista que virou marxista na história) , Tasso Jereissati (nosso Rockfeller) e Inácio Arruda (ex-comunista, agora capitalista selvagem) minha obrigação moral é votar nele para as coisas pelo menos não piorarem!

Vou tapar o nariz e votar no Lúcio, não quero o Rockfeller no poder! 

5 thoughts on “Tasso é nosso Rockfeller!”

  1. Votei no Lucio eleição passada.
    Não por ele ser a melhor opção, mas porque o concorrente era péssimo!

  2. Cara,
    Eu acho q essa frase está equivocada:

    O estado ñ necessáriamente incentiva este tipo de “parceria”, isso é mais comum num governo neoliberal em que o estado tenta não intervir no mercado. Porém, como exemplo aqui no brasil o estado tanto não apoia quanto caça este tipo de acordo. Pode até ser que por trás das cameras a coisa não seja assim, mas essa é a proposta.

  3. Milfont, só uma ligeira observação: a família Rockfeller tem mantido há várias gerações a Fundação Rockfeller, que apoia inúmeros projetos sociais e culturais nos Estados Unidos. Será que a família Jereissati tem a mesma intenção? 😉

  4. Os americanos pelo menos tem essa tradição de filantropia, mas o passado dele não é atenuado por ações como essa da família, alguns até acusam a fundação Rockfeller de estar por trás do tráfico internacional de armas entre outras coisas, mas nem isso nosso Rockfeller faz, nem filantropia!

Comments are closed.