Americanas.com acabou com meu natal!

Estou meio ressacado com uma label na testa escrito SUCKER!
Nunca havia comprado nas americanas dot com, mas sempre olhos os preços por lá, na maioria das vezes é aquela história, não compensa, mas… numa crise consumista eu me deparo com um anúncio de que vários produtos estão com entrega garantida se comprados naquele dia (22/12/2005) até o dia 24/12/2005 as 18 hrs. Pior, é justamente uma tv de 29″ tela plana que estava querendo comprar de cara no anúncio, nisso ligo para a que manda e peço a benção e voilá, meto o cartão da sogra e realizo a compra, só que errei o número de segurança e antes que eu pisque ligam para mim das americanas e me informam sobre o erro, nossa! Isso que é atendimento ao cliente.
Sabe aquela história, alegria de pobre….
Meu calvário inicia naquele momento, eu pedi que me ligasse dali a uma hora(além de estar super ocupado dei um tempo grande para não haver perigo de furo) porque ia procurar o número na minha carteira. Deu duas horas depois e o sujeito não ligou de volta, entrei no site, fui ver meu pedido e já estava a informação do erro lá, corrigi o pedido e pronto, operadora quase instantâneo liberou minha compra, mas ficou uma informação que as americanas iriam averiguar os dados da compra, etc. Nada mais lógico, afinal o cartão era de terceiro.
No outro dia como ninguem tinha entrado em contato e os dados no site estavam da mesma forma eu liguei, levei um chá-de-telefone de meia hora até conseguir falar com alguém, depois quando consegui a menina do telemarketing só não pediu meu signo porque dá para ela saber pela minha data de nascimento, até o cpf de minha sogra ela pediu(ela deveria ligar para ela).
Ela me garantiu que o pedido iria chegar até o dia 24 como informado no site(olhe que isso é dia 23), eu não duvidei porque as americanas tem lojas em todas as capitais e poderiam sustentar o anúncio.
Eis que chega o sonhado dia 24/12, eu já comprando estoque de cerveja para contingências do dia 25 já que estariam tudo fechado e minha senhora limpado a sala da tv para receber o presente de natal.
Como fiquei intrigado da ligação do dia anterior e achar que era impossível entregarem naquele dia resolvi ligar para o número informado no site (nem 0800 essa droga de loja tem, repare que já a chamo de droga), levo outro chá-de-telefone, só que para aprender esse é de 1 hora.
Depois de várias tentativas até que enfim consigo falar com algum ser vivo (achei que fosse), essa pessoa me informou que o pedido tinha sido liberado naquela manhã mas ainda não tinha nota fiscal, eu relutei sobre a entrega e ele afirmou que não sabia de nada sobre isso e iria passar para outro setor, tome uns 10 minutos e nada, desligo e tento novamente.
Segunda pessoa me atende daquela forma irritante que toda operadora de telemarketing tem e tambem diz que vai me transferir par aoutro setor… mais uns 10 minutos e nada.
Terceira pessoa me atende e diz que a nota já estava gerada desde as 9hrs da manhã (será que os dois primeiros me enrolaram para o faturamento gerar a nota?), eu insisti sobre a entraga e ela me falou que tinha até o dia 6/01/2005… hã? pera aí, como é a historia?
(Ela) – Há senhor, o seu CEP não estava na promoção.
(Eu já puto) – Que mané CEP é esse? não havia isso no site, entrei no regulamento e não havia cláusula alguma lá.
(Ela) – A promoção era válida somente para Sul e Sudeste e o senhor está no Nordeste.
(Eu já transtornado) – Onde tem isso, vou imprimir o regulamento agora, aguarde…
(Ela irritantemente calma) – Senhor, o regulamento não se encontra mais no site, a promoção já acabou.
(Eu psicopático) – Me transfira agora para um superior seu, não quero perder meu tempo e gastar meu dinheiro com telefone contigo.
Agora um fato inusitado acontece nesse momento, essa menina perde a tranquilidade e fica de forma histérica repetindo:
– Senhor, não omite nenhuma informação, tudo que lhe falei minha supervisora irá falar tambem.
Ela fala isso umas 10 vezes(acho que o prompt que fica com as respostas padrões deu pau), minha raiva até passou e cai na gargalhada, cada ves que eu insistia na transferencia ela repetia isso, dái eu disse: – Olha, vamos ver quem vai cansar, ou voce me transfere ou fico aqui até voce cansar de dizer isso. Nisso ela ainda repete uma ves e diz: – só um momento e desliga na minha cara, nessa hora eu não sabia se ria ou chorava.
Liguei de novo sem acreditar e pedi direto para cancelar meu pedido, a menina ainda murmurou perguntar o motivo e falei que não queria mais o produto, ela me transferiu, esperei uns 10 minutos e alguem sem querer apertou algum botão lá e fiquei escutando eles falarem, escutei uma vozinha chata dizer:” – o que ele quer aqui? ele tem que ir nas americanas, aqui não tem nada haver”, ouvi uma senhora pedindo para trocar uma bolsa por outra coisa lá até que desisti e liguei novamente.
A partir dali eu comecei a anotar os nomes dos atendentes, acredito que sejam bots, não acredito que sejam reais, e a lista conitnuou:
– Renata Medeiros, com quem estou falando?
(Eu) – gostaria de cancelar meu pedido.
– Blá Blá Blá, olhe a nota fiscal já foi gerada e não podemos cancelar seu pedido, o senhor vai ter que se negar a receber a mercadoria, aí o seu pedido será devolvido e cancelado.
(Eu) – O que? quer dizer que vou ter que esperar até o dia 6 para cancelar essa mer!@#?
– Sim senhor, não podemos mais cancelar porque já está com a transportadora.
(Eu) – Quero falar com seu supervisor.
– Só um instante. E tome mais 5 minutos e desligo.
….
Roberto Xavier, com quem estou falando?
Depois de explicar tudo de novo ele diz que vai transferir e me deixa esperando tambem.

Leonardo de Oliveira, com quem estou falando?
Repito tudo de novo e ele consegue transferir para alguem, Priscila de Oliveira (repare que tem o mesmo sobrenome, por isso minhas suspeitas de serem bots :d).
Ela ouve minha indignação e faz meu cancelamento.
Americanas.dot nunca mais.
Chego nessa segunda, procuro as informações do pedido número 20922765 com o número de cancelamento 258126 e consta que já está com a transportadora Rodoviário Ramos Ltda.
E eu não tinha cancelado? que me importa uma tv dia 6 se posso comprá-la até mais barato agora, se o objetivo era um presente de natal para minha familia, para que diabos ainda a quero?
Ligo agora pela manhã dia 26/12 e depois de 2 horas de tentativas peço informações sobre esse pedido e a menina informa que ainda não foi gerado nota fiscal… pára pára, como não? gastei telefone a toa no sábado? e não tinham me garantido que iria sair segundae já havia nota fiscal e tudo?
Pedi informações sobre isso, ela pediu um tempo e depois de quase 5 minutos ela me diz que realmente já tinha nota fiscal, tentou me enrolar que na verdade a mercadoria sai de São Paulo para Fortaleza mas ainda para a central de distribuição e que ainda não estava com a transportadora, e eu perguntei como eh que tem o nome da transportadora no site. Desliguei e liguei novamente, um cara me atende e diz que a mercadoria já esta na transportadora mas ainda não tem como saber onde está, afinal, está aonde essa droga? e eu não tinha cancelado?
Resolvi desistir de tudo, vou aguardar mais umas horas e tentar dar um fim nessa história, nunca mais compro nessa lojas fuleragens, só me nome, o lance é comprar contrabando mesmo, favorecer o comercio ilegal, afinal é ilegal dar informações erradas, propaganda enganosa e fazem, pelo menos não terei essa tarja de SUCKER!

Software Livre 2.0? Beta, Stable…?

Não sei o que querem dizer com software livre 2.0, sei que pegaram uma filosofia que incomodou o mercado convencional pregando a liberdade irrestrita para todos e quaisquer softwares no mundo e deram uma idiossincrasia comercial, tudo bem que alguns sincretizaram com filosofias socialistas e criaram verdadeiros marxismos com essa filosofia, com liçencas que ao invés de dar liberdade irrestrita acabou por restrigir o direito de uso e até vender para não “manchar” a honra do software livre.
Mas o que vem a ser o 2.0? não sou nenhum fanático religioso, muito menos seria de algo materialista como o software livre, mas admiro a proposta de produzir algo dentro de uma comunidade com liberdade para fazer o que quiser com esse produto, isso fez o linux, um sistema nascido já com conceitos desafados (por ser monolítico por exemplo), sem nada de especial que não já tivesse sido feito antes arrebatar uma legião de fans. Esse modelo abriu uma ferida enorme no mercado, como algo que é de graça pode ser mais robusto e performático que um que custa um equivalente a ter que vender um fígado ou rim? Inventaram que “pegassemos os fatos” de que o custo de manutenção e treinamento era superior ou de um modelo comercial, disseram que não tinha suporte, que não tem garantia, mesmo assim foi lá e fez acontecer.
Mas eis a sacada, porque enfrentar um inimigo que a cada batalha se fortalece? porque não contratá-lo para comandar meu exército então? já que não tenho ética e quero é o vil metal mesmo, porque me apegar em vaidade de querer vencer uma guerra sem retorno algum?
Solução: Software Livre 2.0!
Agora querem vender esse rótulo, como uma marca de refrigerante, mas vejam bem, numa análise mais apurada eu observo o seguinte: eu entro com meu trabalho na criação de uma ferramenta livre, contribuo com as melhorias, com o kernel desse sistema, aí um BigPlayer do mercado entra e já toma a direção do projeto (parafraseando o Romário, é o mesmo jeito do sujeito que entrou no onibus e já quer ir sentar na janela), incrementa esse software com mecanismo de segurança, etc e vende muito caro, só que eu só tenho acesso ao que foi desenvolvido pela comunidade, esses incrementos eu tenho que pagar, me esforcei para desenvolver uma base sólida que sustenta o coração do sistema e não posso ter as melhorias feita pelo Big(seria algo como eu plantar um jardim no meu quintal e na hora que vou cheirar a rosa desse jardim eu tenha que pagar), isso é ridículo, isso é escravidão disfarçada, não estou nem entrando em questões filosóficas em termos de relação de trabalho, é simples e pura extorsão de meu trabalho.
Me desculpem mas se for pra participar de algo assim eu prefiro fazer software logo proprietário feito só por mim ou minha empresa e ganhar o dinheiro que tenho direito daquilo que desenvolvi.
Muitos alertam para os bois no meio dos GNUs, mas isso para mim é aproveitamento puro da situação, não podemos vencê-los? façamos que trabalhem para nós e melhor… de graça!
Os Big Players Oracle, IBM, HP, entre outros propagam aos quatro cantos que investem no software livre, que impulsionam, mas me digam um produto livre da Oracle, só um. Não estou falando de graça, estou falando livre. Ibm recentemente noticiou a contribuição para a comunidade de uma ferramenta sua, veja só, pegaram um produto livre, deram um nome comercial e “deram” de presente para a comunidade, assim até eu, vou fazer o mesmo, vou baixar o apache, dar o nome de MilfontWebServer Community Edition 4.1.8.9_05 e direi que é um presente meu para a comunidade.
Engraçado que já perdeu até a grça de falar da MS, ou melhor, da M$, afinal pelo menos são os únicos éticos que existem, dizem que não gostam do open source e não abrem, não fazem como os outros que dizem que gostam e não abrem. Agora fale mal da IBM, vários pastores, Xeiques e bispos do SL te crucificarão, e olhe lá se um Guru não o excumungar no caminho.
Fantástico, sensacional, só me tirem dessa… se a tendencia do software livre for ser essa comecou a morrer.