Cadê a oposição?

O governo do PT já é de longe o mais engraçado da história, uma mistura de jeca-tatu com marxismo soviético.
Quando você pensa que chegaram ao limite devido a peraltices tão exageradas e pitorescas, eis que conseguem ultrapassar todos os limites do absurdo.
O PT conseguiu ser mais caricato do que os neocoronéis nordestinos, estilo finado ACM.
Mas cadê as oposições?
O problema de ser o PSDB e o DEM a oposição é que a cada escândalo a única preocupação da turma do poder de outrora é não ser apanhada no meio de uma CPI. Portanto, se aliam ao governo para evitar uma investigação. O PT reconhece a fragilidade desse pessoal e usa essa arma com maestria, mas tão exagerado que beira o inacreditável.
Chega a dar saudades das diatribes do PT quando era oposição.
Precisamos de um partido de oposição, uma democracia precisa de contrapartida.
PSOL? Até conseguem fazer algo, mas a ideologia moribunda não deixa enxergar que estamos no século 21.
Enquanto isso a única coisa que nos resta é rir do Paulo Henrique Amorin gritando golpismo e Reinaldo Azevedo tentando livrar a cara do Serra.
E o salário ó!

Nome de uma música sem pensar…

…respondi: “Working Man” do Rush.

Não sei porque! Simplesmente respondi essa música assim de sopetão. Rush não é minha banda preferida, se fosse banda talvez eu respondesse Lynyrd Skynyrd, mas Rush provavelmente nunca.
Então porque respondi essa música? Acho que é saudosismo, completei 30 anos agora em dezembro último e só tenho ouvido músicas dos anos 80, me sinto estranho.
Até procurei Working Man hoje e botei para tocar agora.
Essa música me faz lembrar minha juventude porque ouvia muito ela aos 18. Estou ficando velho será? oh céus!

ps. Sim, eu sei que Working Man é da década de 70, mas vocês entenderam, eu acho 🙂