SCEA com design patterns errados

Once upon a time

… A comunidade em volta da JCP adotou a aberração proposta pela SUN chamada EJB e o mecanismo de persistência seria uma JSR especialista chamada JDO. JDO seria a solução deifnitiva onde não importaria se você usa um txt, um xml ou um Banco de dados parrudo.

Com esse modelo de desenvolvimento foi criado um catálogo de Design Patterns[?] que serviria de “tábua dos 10 mandamentos” para a comunidade. Nasceu a prova de certificação em Arquiteto java com base nessa arquitetura.

Por fora da JCP uma turma se dedicou a criar uma forma de persistência específica para bancos de dados relacionais [Hibernate] onde não estavam preocupados se você guardava seus dados em um xml, queriam apenas resolver os problemas clássicos do mapeamento objeto-relacional. Outro pessoal jogava fora o modelo EJB e criava sua própria JEE [Spring] com técnicas e abordagens que surgiam como IoC, DI, Aspect Programming.

Com esse modelo de desenvolvimento, baseado sobretudo no conjunto de Design Patterns [PoEAA] da turma do Fowler, aposentaram o modelo da SUN apreciado pelos membros da JCP e redirecionaram o comitê para a aprovação de especificações copiadas desse outro modelo.

and they lived happily ever after.

Opa, faltaram atualizar a prova de Arquiteto Enterprisey para adequar aos Patterns corretos. Ainda leio na ementa da prova no capítulo sobre Patterns:

  • From a list, select the most appropriate pattern for a given scenario. Patterns are limited to those documented in the book – Alur, Crupi and Malks (2003). Core J2EE Patterns: Best Practices and Design Strategies 2nd Edition and named using the names given in that book.
  • From a list, select the most appropriate pattern for a given scenario. Patterns are limited to those documented in the book – Gamma, Erich; Richard Helm, Ralph Johnson, and John Vlissides (1995). Design Patterns: Elements of Reusable Object-Oriented Software and are named using the names given in that book.
  • From a list, select the benefits and drawbacks of a pattern drawn from the book – Gamma, Erich; Richard Helm, Ralph Johnson, and John Vlissides (1995). Design Patterns: Elements of Reusable Object-Oriented Software.
  • From a list, select the benefits and drawbacks of a specified Core J2EE pattern drawn from the book – Alur, Crupi and Malks (2003). Core J2EE Patterns: Best Practices and Design Strategies 2nd Edition.
Aonde se lê: “Core J2EE Patterns”, troquem para Patterns of Enterprise Application Architecture (A.K.A PofEAA). Sabemos que foi somente por desatenção do estagiário que ficou de atualizar a página, perdoamos esse erro primário, agora sim:
🙂

6 thoughts on “SCEA com design patterns errados

  1. Bruno Pereira

    Vixe, nem me fale! Se eu estivesse atualmente lendo o PEAA em vez de ser obrigado a ler o Core J2EE Patterns, eu estaria muito mais feliz.

    Tô bem decepcionado com essa prova de arquiteto, a parada é chata demais, e pelo que vi, definitivamente não diz se o cara é um bom arquiteto ou um bom memorizador de patterns.

    Não vejo a hora de me livrar dessa prova.

  2. Rafael Ponte

    Hoje sou completamente desacreditado com a certificação de arquiteto (SCEA), mesmo conhecendo alguns bons e maus arquitetos.

    Mas enfim, o mercado muitas vezes exige tal certificação como prova de conhecimento [eca!] e algumas vezes não se tem muito para onde correr :))

  3. cmilfont Post author

    Oi Alan, eu considero os blueprints bem confusos, patterns não tão importantes tem relevância e as cerejas do bolo ficaram fora, não há explicação do que são Entities, Value Objects, Services, Repositories, etc.

  4. Joel Lobo

    Mas Milfont, esses patterns que vc falou já estão muito bem documentados no livro do Evans. Vc acha mesmo que deveriam estar em um catálogo Java EE?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *