Recomendação sobre o JBehave

{ September 14th, 2009 }


cmilfont

Autor: cmilfont

Minha recomendação sobre JBehave: use Cucumber!

Depois de quebrar cabeça para conseguir escrever histórias em Java eu resolvi trocar o Jbehave [java] pelo cucumber [ruby] em quase todos os projetos Java [falta só um projeto agora] e o resultado é uma pessoa mais feliz e menos trabalho para resolver coisas simples.

Não façam juízo de valores sobre uma linguagem ser superior a outra, isso não existe. A questão é que escrever os passos das histórias no Ruby é muito mais fácil pela natureza da linguagem, como os blocos. Até coisas simples como parsear listas de valores é algo muito complexo e leva tempo, aliás, parsear os parâmetros é sem dúvida o mais trabalhoso do JBehave.

Com JRuby e Cucumber você consegue utilizar o Storyrunner com facilidade, acessando sua API Java normalmente e tem também a integração natural com o Selenium.

Pretendo abordar esses assuntos no 3º encontro da XPCE no dia 24/10, até lá.

Categories: Behaviour Driven Development, DSL, Engenharia de Software, Metodologia, Métodos Ágeis, Ruby, teste ~ ~ Trackback


Assine os comentários deste artigo.


4 Responses to “Recomendação sobre o JBehave”

  1. 1
    Rafael Ponte

    Já tinha utilizado as primeiras versões do JBehave, e realmente não vi muitas vantagens. Vi que a última versão está melhor, mas ainda não cheguei a fuça-la.

    Vou levar suas recomendações a sério e ver o Cucumber em ação nos meus projetos Java.

    Um abraço.

  2. 2
    Tiago Albineli Motta

    Experimente o cucumber com o watir e verás que fica mais fácil ainda.

  3. 3
    cmilfont

    Tiago, cheguei a usar o FireWatir mas como usamos o Extjs como RichClient, deu um problema com ele e voltei para o selenium

  4. 4
    Robson Farias

    Na nova release do JBehave já tem suporte para listas e passagem nomeada de parâmetros! :-)

Leave a Reply