Tuangr: conhecendo a rede social em entrevista com Luthiano Vasconcelos

A WEB 2.0 revolucionou a maneira das pessoas compartilharem informações, tranformando-as em produtores de conhecimento ao invés de apenas consumidores, os chamados “Prosumers“. Dentro desse cenário, surgiram as redes sociais nas web, e fascinaram o mundo com a facilidade que reduzimos as distâncias entre entes queridos e estreitamos nossos relacionamentos com novos amigos ou apenas conhecidos. Aqui no Brasil estamos engatinhando nos serviços web, ainda são poucas as iniciativas de redes sociais. Foi pensando nisso que resolvi investigar as iniciativas locais e comecei pela comunidade Tuangr.

logo tuangr

O Tuangr é uma rede social baseada em compras coletivas, uma forma de unir pessoas com o mesmo objetivo de consumo e favorecer esse comércio. Contactei o Luthiano Vasconcelos, colunista do MeioBit (especialista em WEB2.0) e principal responsável pelo Tuangr, para uma entrevista onde ele poderia nos explicar melhor o projeto. Enquanto isso, enumerei 9 perguntas para conhecermos como foi concebida a idéia do negócio e construída (futuramente vamos fazer um podcast para melhor detalhá-lo). Sem mais extensão, vamos para a entrevista que apesar de ainda superficial sobre os aspectos tecnológicos, tem detalhes ricos de como nasce um negócio de sucesso. Como bom nerd, inicia na pergunta número 0.

0. Luthiano, nos fale sobre o objetivo dessa rede social e quem são os responsáveis pelo projeto.

O objetivo do Tuangr é criar um ambiente confiável para a realização de compras em grupos através da Internet. Eu acredito que essa nova modalidade de comércio eletrônico é benéfica para todos os envolvidos. O vendedor aumenta sua escala de vendas e consequentemente o faturamento, enquanto o comprador é favorecido com a redução do preço do produto. A idéia de criar uma rede social veio da constatação que no “mundo real” as compras em grupos são feitas (geralmente) entre amigos, portanto o relacionamento social é um fator fundamental para a viabilizar o processo de compra coletiva, tanto que adotamos o slogan “Um lugar para comprar junto com seus amigos”.

1. Como surgiu a idéia de uma rede social para compras em grupo?

A idéia da formação de grupos de compra através da Internet surgiu de uma experiência exitosa na criação de uma cooperativa de empresas de construção civil que passaram a comprar insumos (cimento, por exemplo) juntas. Dessa forma, as empresas cooperadas conseguiam reduzir significativamente as despesas. Um dos sócios do Tuangr foi o idealizador da Coopercon, a entidade pioneira que provou que o cooperativismo é um modelo viável até mesmo em segmentos extremamente competitivos como o da construção civil. O principal objetivo do Tuangr é mostrar que o modelo também funciona com comércio eletrônico.

2. Que tecnologias vocês usaram no desenvolvimento e na produção?

O Tuangr é desenvolvido em linguagem PHP e framework PEAR. Usamos Linux, Apache e MySQL na infra-estrutura. Acredito que essa plataforma oferece a flexibilidade e a confiabilidade que precisamos.

3. O projeto levou quanto tempo? Fizeram um Plano de Negócios?

A concepção do projeto iniciou em dezembro de 2006. Em abril de 2007 lançamos uma versão alfa e, agora estamos em beta perpétuo. Desde o início o Tuangr possui um modelo de negócios estruturado, porém estamos continuamente revendo-o com base nos resultados das operações cotidianas. O plano de negócios é fundamental para esse tipo de produto, pois não há amadores atuando no segmento de comércio eletrônico.

4. Especificamente, como fizeram estudo de mercado?

Inicialmente, fizemos uma pesquisa com 300 participantes para entender os hábitos de consumo e de uso de redes sociais. Também usamos algumas pesquisas geradas nos Estados Unidos.

5. Vocês oferecem APIs para integração com terceiros? Se não, tem planos para tal?

Já fizemos a integração via APIs com alguns sites nacionais, como o BlogBlogs e o Gozub. Agora estamos trabalhando na integração do Tuangr com o Orkut. O objetivo é estender o nosso processo de compra colaborativa para as principais redes sociais. Além disso, nós implementamos uma plataforma para blogs que dá suporte a MetaWeblogAPI.

6. Quais serviços vocês prospectaram para implementação futura?

Há outras modalidades de grupos de compras que devem ser incluídas em futuras versões do Tuangr. Também pensamos em desenvolver uma versão corporativa com foco em pequenas e médias empresas.

7. Houve ou existe negociação, para injeção de investimentos financeiros no projeto?

Estamos negociando uma participação societária com uma empresa com sede no Rio de Janeiro. Essa empresa ficará responsável pela interface comercial e credenciamento de fornecedores para o Tuangr. O negócio deve ser concretizado no próximo mês. Ainda assim, continuamos abertos a novos investimentos, pois nosso objetivo é alcançar uma escala global.

8. Fale sobre algo a mais que deseja que a comunidade saiba sobre o projeto.

A equipe Tuangr está trabalhando incansavelmente para criar um produto que seja inovador, seguro e eficiente. Estamos com o forno cheio de novidades para os próximos meses, mas somos receptivos para sugestões e críticas, portanto fiquem à vontade para mandar mensagens para feedback@tuangr.com que estamos ouvindo atentamente. 🙂

8 thoughts on “Tuangr: conhecendo a rede social em entrevista com Luthiano Vasconcelos

  1. Rafael Carneiro

    A onda Web 2.0 já pegou e os internautas só tem a ganhar com essa febre. O Tuangr é mais um serviço na internet de qualidade para os internautas poderem usufruir.

    Achei muito legal a idéia de criar uma rede social que tem a idéia de criar relacionamentos e objetivos em comum.

    Parabéns pela entrevista.

  2. Helcio

    Tô no mesmo barco do Silveira.

    A idéia é fantástica. Faz da Web 2.0 algo mais do que ideologia ou marketing: propicia resultados efetivos incontestáveis capazes de mexer tanto com o mercado quanto com nosso próprio comportamento pessoal, evidenciando as possibilidades do associativismo.

    Em breve Luthiano vai estar em dissertações de mestrado multidisciplinares, de Economia a Sociologia. E melhor de tudo: bilionário.

    Torço muito pelo Tuangr.

    Abs

    PS.Milfont, vc fez falta no blogcamp.

  3. Pingback: Previões para 2008 - CMilfont Tech

  4. Pingback: Outra entrevista com Luthiano do Tuangr - CMilfont Tech

  5. Pingback: Agora sou Tuangrer - CMilfont Tech

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *