QCON São Paulo 2011

Diferente do ano passado, eu não consegui assistir muitas palestras e ignorei todos os keynotes após o carinha do Twitter.

O Evento

Começamos o sábado com a abertura do Paulo SilveiraLeonardo GalvãoFloyd Marinescu [os 3 não precisam de apresentação].

Logo em seguida veio a palestra morna do Jim Webber que tentou ser “engraçaralho”, mas … sou cearense, entendo um pouco de humor. Nada de novo e sinceramente, falar de Rest, WebServices, SOA, etc é que nem falar de Agile hoje em dia, precisa muita criatividade para não ficar enfadonho.

Sérgio Lopes apresentou um Keynote que eu já sabia tudo decorado, assunto batidão e… surpreendeu. Sério, apesar do assunto ser algo que eu já dominava e até já escrevi algumas coisas no blog há muito tempo, ele conseguiu pegar um enfoque – que foi analisar os sites de todos os inscritos – e dissecar em estatísticas na apresentação. Ou seja, não foi apenas uma listinha de boas práticas e TODOs para se fazer no seu site ou WebApp, ele encaixou as estatísticas e provou para todos “`a quente” o mal que isso provoca e quais prejuízos podem ocorrer, além disso publicou no blog da Caelum um dos posts mais completos que já li. Melhor do evento.

Aí entrou o cara do Twitter… saí com menos de 5 minutos. Não deu, o cara estava totalmente nem aí e tamanha apatia me deixou sem vontade alguma de assistir aquilo. Depois desse cara eu resolvi não assistir mais nenhum Keynote por puro preconceito mesmo, hoje em dia os Kyenotes em todos os eventos é a parte mais chata, experiência do AgileBrazil também. Provavelmente perdi palestras fantásticas, inclusive ouvi falarem muito bem do cara da NASA.

Minha sugestão é acabar com esse lance de Keynote nos eventos, isso é muito século 20.

Na parte da tarde do sábado e domingo eu assisti algumas palestras escolhidas a dedo, mas esse lance de trilhas me deixa doido, nunca consigo ficar parado.

No sábado eu fiquei pulando de palestra em palestra e assistindo um pedaço de cada. Vi um pouco do Vinicius Quaiato, outro pedaço do  Guilherme Silveira e um pedaço dos guys Alberto SouzaLucas Cavalcanti, enfim, maluquice. Assisti na íntegra a palestra iOS e sincronização de dados do Mauricio Linhares. Tentei assistir ao mesmo tempo as palestra do Rodrigo Kumpera, Raphael Lacerda e do Renato Willi, aí pirei e desci para conversar com a galera. Tudo que assisti estava muito bom o que me deixa sempre apreensivo de perder alguma coisa, acabo perdendo tudo.

Depois assisti todos os Lightning Talks do Host: Ricardo Valeriano.

Como essa estratégia de tentar assistir parte das palestras tinha sido loucura no sábado, no domingo eu me concentrei e assiti do Vinícius Baggio, Emerson Macedo e quase totalmente a do Cristiano SanchezWladimir Domingues. Todas fantásticas e sempre com alguma coisa que te deixa com aquela curiosidade de googlar depois de assistir. Um pequeno destaque para o Vinícius Baggio que tocou num assunto muito importante na comunidade ruby, essa história de que não faz uma boa prática ou não se preocupa com qualidade do código porque isso é coisa de Java ou whatever.

Primeiro período da tarde eu passei terminando meus slides e apresentando minha palestra 🙂

Minhas Palestras

No sábado eu apresentei um Lightning Talk: “Engine de template em Javascript com HTML Sprites”.

No domingo eu apresentei a palestra: “Combinando OO e Funcional em javascript de forma prática”.


Foto engorda a gente, né?

Networking

É muito importante para a comunidade cearense participar de grandes conferências fora do nosso estado, acabar com essa barreira geográfica e colher a sabedoria dessa galerinha lá na origem. Esse ano conseguimos levar em torno de 40 pessoas pela #caravanajavace e foi fantástico.

Não vou citar o nome de nenhum amigo que reencontrei ou conheci “ao vivo” porque não vai caber todo mundo, mas a experiência é sempre indescritível.

Visita a Empresas

Eu me programei para visitar algumas empresas e conhecer o ambiente de vários amigos e pessoas que admiro, mas infelizmente a correria de SP não nos deixa otimizar o tempo, só consegui dar uma passada na sexta de manhã pela Caelum e um pulo na manhã da segunda na Concrete Solutions – SP. Abaixo um vídeo que o Luca Bastos gravou na Concrete.

7 thoughts on “QCON São Paulo 2011

  1. Loiane

    Show de bola Milfont!
    Foi bom reencontrar os amigos do CE!
    E sendo sincera (não é puxa saco não hein! rs), adorei sua palestra, foi muito legal.
    E tô esperando a publicação do plugin que citou na LT.
    []’s meu irmãozinho mais velho! 🙂

  2. Raphael Lacerda

    Show de bola Milfont!

    Estou doido para ir ao Ceara palestrar e ouvir mais das suas historias!

    parabens pela palestra

    deveria fazer uma de

    como criar slides 5 minutos antes de palestrar

  3. Paulo Silveira

    Valeu o review e em especial a ajuda na organização da caravana!

    Sobre os keynotes, poderiamos usar alguma outra forma (nos eua ja eh raro). Mas trazer os gringos e coloca-los numa das salas das tracks, faria so piorar o problema da super lotação.

    parabens por ambas palestras!

    abraços

  4. cmilfont Post author

    #Loiane
    Obrigado, my sister! 😉
    Vou publicar o plugin e anunciar

    #Raphael
    Estamos te aguardando aqui 😉

    #Paulo
    Acredito que esse lance de Keynote seja mais psicológico, note que no QCON rolou palestras de gringos nas tracks e no AgileBrazil também e nem deu superlotação.
    No BrazilJS vamos experimentar e acabar com esse “destaque”.
    Parabéns pelo evento, a Caelum sempre se supera.

  5. Renam Sávio

    O evento no geral foi excelente, aprendi muito..tirando alguns palestrantes que demonstram verdadeira soberba, e olha que não foram os ‘keynotes’..e também muitos dos participantes..parece que existe uma disputa de conhecimento, até hoje não consigo entender isso. Falam de XP, colaboratividade, mas na vida real não aplicam nada disso, é pura hipocrisia. Outra coisa que não suporto são essas piadas sem graça que um gringo faz e todo mundo morre de rir. Sou cearense, entendo um pouco de humor.[2]

  6. Pingback: Engine de template em Javascript com estratégia de HTML Sprites - Javascript na Milfont Consulting, Client e Server-side

  7. Pingback: Conferências em 2011, comunidade cearense sempre presente - Blog de desenvolvimento da Milfont Consulting, Client e Server-side

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *